terça-feira, 29 de junho de 2010

Plenos Prazeres


100 Escovadas Antes de Ir Para a Cama

No inverno europeu de 2002, longe dos olhos da mãe e do pai, a jovem italiana Melissa Panarello começou a escrever um diário em que relatava, sem pudores e meias palavras, as precoces e variadas experiências sexuais vividas por uma colegial entre os 15 e os 16 anos. A história de Melissa começa quando ela perde a virgindade aos 15 anos de idade. A descoberta de um mundo novo e diferente, o desejo de amar e se sentir amada e a ilusão de encontrar este sentimento através do sexo. É esse o ponto de partida para um relato que mistura de forma provocadora ficção e realidade, num vasto e surpreendente rito de iniciação sexual. Durante dois anos a protagonista do livro experimenta as mais diferentes práticas sexuais, como se desejasse, através delas, transcender o corpo. Sexo grupal com desconhecidos, orgias regadas a drogas, sadomasoquismo, homossexualismo: nada detém sua curiosidade, mas seu prazer é tingido de repulsa e insegurança. Em sua busca desenfreada, Melissa acaba caindo em um túnel escuro de humilhação e dor, onde se arrisca a perder para sempre aquilo que tem de mais precioso: ela mesma. Antes de dormir, Melissa escova cem vezes os longos cabelos, num ritual de purificação quase infantil que constitui, para o leitor, o único lembrete de que se trata, afinal, de uma menina. Um dos motivos que transformaram o livro em sensação literária foi a tênue fronteira entre autora e personagem. Além de compartilhar com sua protagonista o nome, Melissa, a jovem autora afirma ter vivido todas as experiências narradas, trocando apenas nomes e datas.

Tay

segunda-feira, 28 de junho de 2010

No Divã

Pietri, deite-se no divã...

Olá Tay!!! Tudo bem???

Quero te contar a situação que estou passando: tenho 35 anos, sou casado a mais de 10. O sexo com minha esposa não é o melhor a muito tempo, eu nunca a trai, mas costumo sair com garotas de programa pelo menos uma vez na semana. Não sei mais o que faço, quero mudar essa situação, ficar numa boa com ela, porém, ela não contribiu em nada, é acomodada, só quer saber de cuidar dos nossos filhos, e sempre me deixa na mão, não transamos a mais de seis meses. Confesso que o sentimento não é mais o mesmo. O que faço???

Olá Pietri, por aqui tá tudo ótimo, agora por ai as coisas estão complicadas né??? Vamos por partes...

Como podes dizer que nunca traistes tua mulher se sai com garotas de programa pelo menos uma vez na semana??? E essa situação pode ser chamada de que??? Sinceramente isso é sim traição...

Quanto a acomodação taí um fato que me preocupa com essas mulheres que casam, tem filhos e ficam largadas, estão pensando o que??? O cara casou com elas pelo que eram quando namoravam, a aparência, o sexo. Em relação a isso Pietri, conversa com ela, revejam fotos de quando namoravam, de quando ela estava aparentemente bem, diga como ela tava bonita e tal, para ver se anima a dignissima...

Agora, se tu dizes que o sentimento não é mais o mesmo, a trai toda semana, me diz uma coisa: "Para quer continuar uma relação dessa???". Não somos obrigados a ficar com ninguém por comodidade, se não gosta mais, se acha que a relação tá falida, te digo uma coisa, parte para outra, vai ser melhor para os dois, afinal, se ela descobrir a situação que está passando vai ser bem pior...

Tay

domingo, 27 de junho de 2010

Doce Deleite


Lacinho de SenZala - Luizinho Lins

Um lacinho verde de senzala
na cintura nua
suas pontas derramadas pela coxa tua
minha boca voraz vizinha desse cordão
no melhor momento do tesão
tesão de trepar, puro e simples de falar
é uma delícia escrava te desejar
naquele beijo vizinho das duas pontas do lacinho

sábado, 26 de junho de 2010

Virgindade

É impressionante como esse tema ainda é cercado de lendas, vontades e tabus...

Conversando com umas amigas percebi que algumas com mais de 18 anos ainda são virgens. Agora podes perguntar: "Sim Tay, e porque a surpresa???". Simples, por que essa espécie está em extinção.

Eu respeito as meninas que estão esperando o momento "certo", mas me diz uma coisa: "Alguém ai sabe o momento certo???".

O sexo deve ser igual beijo, ninguém combina nada, acontece, as vezes planejamos tanto alguma coisa e depois percebemos que não é nada do que pensavamos, eu sou exemplo disso, via nos filmes, nas novelas aquela 1ª vez linda, toda planejada do começo ao fim, desde o primeiro sussuro até o último gemido, e não foi nada disso, foi tipo: "Acabou??? Não sou mais virgem???".

Eu acho que as meninas não devem perder tempo esperando o momento dito certo e sim ir logo praticando até encontrar o que a satisfaz, o melhor toque, a melhor posição...se ainda não está nessa vida por medo de doer e tal, relaxa querida, é só abusar dos amassos, dos beijos, do oral e quando estiver melada passa boi passa boiada...

E os caras, como ficam diante dessa situação??? Bom, tem aqueles que adoram tirar o cabaço alheio, parece que conquistam um troféu, agora tem aqueles que acham que é muita responsabilidade, que a menina pode se apaixonar. PQP!!! Apaixonar por que??? Só porque o cara fez o favor de remover uma pele sem função em teu corpo querida??? Ai, faça-me o favor...

Mas tem o seguinte, não conte aos quatro ventos que ainda é pura, por que vai atrair só os caça-cabaço, já que estais a tanto tempo se guardando, no final das contas vai acabar dando para o primeiro cara bom de papo que encontrar, e nem sempre esse são os melhores comedores...

É isso, o importante é viver a vida da melhor maneira que achar, e depois da primeira vez querida, ainda mais adiando a tanto tempo, não há quem segure essa periquita...

Tay

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Entrelinhas

"Quem se mostra facilmente seduzido facilmente se torna sedutor" (Eça de Queiroz)

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Histórias de Quinta


“Conterrâneos”

Noite quente, lua cheia e um calor insuportável, uma oportunidade para sair, aproveitar o clima quente e se divertir, e foi assim que tudo começou...

Tamires é dona de uma safadeza insaciável e adora dançar. Neste dia não foi diferente, arrumou-se e foi para o festival que estava movimentando o lugar que mora. Chegando lá o local estava cheio e com muitas caras novas, ela começou a dançar de maneira provocadora. No inicio não percebeu um cara a observando, prestando atenção em todos seus movimentos, o jeito sensual e insinuante que dançava. Após algum tempo Tamires foi descansar e viu finalmente ELE, um cara lindo, cabelos negros, discreto, com um jeito único, olhos lindos e sorriso encantador, seu nome é Matheus. Ela o olhou e sem perceber nenhum tipo de interesse afastou-se, mas isso foi só para descansar e logo iria voltar para perto de Matheus tentando algum tipo de contato. E foi isso que aconteceu, quando o grupo começou a tocar ela foi para perto dele, sempre prestando atenção se ele estava acompanhado, não queria se meter em confusão.

Como quem não quer nada Tamires o chama para dançar e em seguida engatam uma conversa boa e cheia de desejos subentendidos e frases de duplo sentido, e para completar ele é solteiro. Recomeçam a dançar, a música, o lugar, o suor, o clima, tudo tornava o momento mais envolvente e sexy. Em certo momento Matheus começou a cercá-la e finalmente eles se beijaram. Tamires o convida para sentarem em um local mais discreto, para a “conversa” fluir melhor, os beijos esquentando, frases sacanas no ouvido, mãos passando por debaixo da saia, sussurros e gemidos discretos, os dois já estavam excitados e Matheus a convida para irem a um lugar mais tranqüilo. Ela sem pensar duas vezes sai com aquele estranho tão envolvente e sedutor.

Matheus estaciona o carro em uma praia próxima, como já é madrugada está deserta e começam os amassos ele a encosta de frente para o capô e encaixa-se por trás, entre suas pernas, puxa os cabelos dela, começa a cheirar e a lamber o pescoço, alternando com mordidas e beijos molhados. Ele tira a blusa dela e a saia e a beija por completo pelas costas, entre as coxas e dá atenção especial a bunda. Matheus agora tira a roupa ficando de cueca e começa a roçar aquele pau duro na bunda de Tamires, que já está completamente molhada e implora para ser fodida, mas ele quer deixá-la ainda mais louca de tesão, agora a vira de frente, tira o sutiã dela e começa a chupar os seios de maneira forte e gostosa, ao mesmo tempo que mete os dedos na boceta molhada e quente, fazendo Tamires gozar a primeira vez em seus dedos.

Ainda não satisfeito ele vai baixando e tira a calcinha dela, fica de frente com aquela boceta implorando por pau e começa a chupá-la, olha para cima e ver Tamires louca, gemendo de tanto prazer, ele continua a fodê-la com a língua até sentir aquele mel quente em sua boca, o gozo dela outra vez. Matheus levanta-se, beija Tamires e ela em seguida vai retribuir a atenção, abaixa a cueca dele e ver aquele pau duro e grosso pronto para ser chupado, ela ajoelha-se e começa a lamber devagarzinho, começa pela cabeça e vai baixando até a base, passando pelo saco e sobe, agora quer sugar só a cabecinha, chupar todo aquele primeiro liquido que gosta tanto, Matheus segura pelos cabelos dela e começa a foder aquela boca tão gostosa até gozar, ela toma toda a gala quente e depois o beija demoradamente.

Matheus a deita no capô e beija seus seios, enquanto fica passando a cabeça do pau naquela boceta quente, fica brincando, a deixando louca, e a faz pedir, implorar para ser fodida. Tamires obedece e ele começa a meter devagar, sentido cada parte do pau ser devorado, até que mete todinho e começa a estocá-la, forte e rápido, a segura pelos cabelos, chamando-a de gostosa, vadia, puta, e ela gosta e pede cada vez mais, a metida é frenética e quando ele diz que vai gozar ela pede para ele meter no cu dela, ele a vira de costas, desce, molha aquele rabo com saliva e mete o pau com toda força e vontade, fazendo Tamires gemer, e começa a fodê-la, ela rebola no pau dele o deixando louco e uma gozada forte não demora a acontecer, fazendo Matheus deitar-se em cima dela, completamente ofegante e sem forças. Após recuperarem-se da foda, arrumam-se e na hora da despedida Tamires descobre que Matheus é do estado, porém, mora fora há muitos anos e que no dia seguinte vai embora, deixando a sensação de vontade satisfeita e a promessa de um reencontro algum dia...

Tay

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Devore-me


Posição Envolvente

Descrição: A mulher deita-se de costas e, com os pés levantados, cruza suas panturrilhas. Desse modo, suas pernas tomarão a forma de um diamante, deixando a vagina pronta para ser penetrada.

Vantagens: Esta posição proporciona um grande prazer para a mulher apesar da penetração não ser muito profunda.

Desvantagens: Não há.

Tay

terça-feira, 22 de junho de 2010

Plenos Prazeres


A dica de hoje é um blog chamado "Pequenos Delitos".

As postagens são interessantes, alguns trechos de musicas, poesias, e a maioria são fotos dos leitores em situações intimas, de lingerie, transando, pagando boquete, ou sós, em momentos de exibicionismo.

Vale a pena conferir, quando estiver só ou acompanhados, quem sabe algum post serve de inspiração...

http://pequenosdelitos.wordpress.com/

Tay

segunda-feira, 21 de junho de 2010

No Divã


André, deite-se no divã...

Oi Tay, acompanho teu blog e fiquei feliz em saber que voltou com as postagens. Quando leiu o que escreve fico imaginando como você é realmente, deve ser uma delicia. A minha pergunta para você é a seguinte:

Já realizou alguma fantasia sexual??? Qual??? Quer realizar mais alguma???

Olá André!!!

Wow, as postagens voltam com tudo assim como as perguntas, as mensagens, os comentários...ADORO!!!

Bom, é sempre um prazer saber que os leitores do nosso blog ficam felizes com o retorno das postagens, é gratificante receber mensagens e elogios de vocês...afinal, quem não gosta né??? Vamos as respostas...

André, sinceramente já realizei algumas fantasias sim, e uma das quais mais gostei e faço questão de realizar sempre é a do Ménage...

Agora a fantasia que tô com uma obsessão em realizar e ainda não achei nenhuma alma caridosa para ajudar é a seguinte: comer o cu de um cara com um strap-on ou algo do genêro. Essa é a maior fantasia que tenho no momento, alguém se habilita???

Tay

domingo, 20 de junho de 2010

Doce Deleite


Tu - Tatiana V. Mattos

Ah, se tu estivesse aqui neste momento...
Deixaria teus braços enlaçarem meu corpo,
tua boca vir de encontro à minha,
teus olhos me guiarem.

Seria tua da maneira que quisesses,
da maneira que desejasses.

Porque só tu és capaz de fazer sonhar,
tua imagem me enfeitiça.
Sou capaz de ceder à todas as suas
vontades sem questioná-las,
porque perto de ti
não sou dona de mim,
sou simplesmente tua.

sábado, 19 de junho de 2010

Squirting


Nada mais é do que a chamada “ejaculação feminina”, e na tradução ao pé da letra significa esquichando. Esse "momento" pode ser visto em filmes pornôs, é só pesquisar na internet que várias opções de videos aparecerão...

O liquido em questão é produzido por glândulas paraneurais e expelido pela uretra, ele é incolor e inodoro, um pouco mais denso que a água, a liberação desse liquido se dá quando se consegue estimular uma glândula dentro da vagina, o que alguns chamam de PONTO G (será?).

Bom, mas porque será que esse tema gera tanta curiosidade??? Por que é privilégio somente de algumas mortais??? Será que existe realmente ou é uma manipulação da industria pornô??? O fato é que algumas mulheres ficam excitadas, mas tão excitadas, que liberam um líquido abundante desde a lubrificação com as preliminares até o orgasmo, a ponto de durante a penetração, a lubrificação ser tanta, que chega a escorrer, isso não é anormal e nem incomum.

Eu sinceramente acredito que algumas consigam alguns esguichos, agora praticamente urinar como nos videos pornôs eu acho exagero, até que provem o contrário, por que eu ainda não tive essa oportunidade de esquichar looonge...

Tay

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Entrelinhas


"Só acredito nas pessoas que ainda se ruborizam" (Nelson Rodrigues)

Retorno?!?

Olá confidentes!!!

Nossa, como as coisas estão paradas por aqui heim??? Confesso que hoje bateu aquela saudade do nosso Confessionário e de todos os confidentes...

Como escrevi anteriormente, eu sou muito cuidadosa com o Confessionário, não gosto de escrever de qualquer jeito, por obrigação, faço o blog para vocês por prazer, então quando tô sem tempo, ou sem inspiração eu paro, recuso-me a postar de qualquer jeito, vocês ja conhecem o meu estilo e seria uma falta de respeito continuar sem vontade...

Decidi recomeçar as postagens e gostaria da opinião de vocês sobre um determinado assunto: as postagens devem seguir as "colunas" especificas ou preferem que sejam livres???

Aguardo as opiniões, críticas, sugestões e elogios, oras, e por que não???

Enquanto decidimos sobre as postagens, elas seguirão o estilo anterior, por assuntos especificos diariamente...

Tay