segunda-feira, 30 de novembro de 2009

No Divã

Lua, deite-se no divã...

Olá Tay!!!

Minha dúvida é a seguinte: meu namorado fica louco de tesão quando estou menstruada, quer transar toda hora, tem algum problema???

Lua, transar durante a menstruação é uma questão de gosto, uma opção da mulher ou do casal e não traz nenhum problema, exceto nos casos em que a mulher for portadora do vírus da AIDS, pois o parceiro ao entrar em contato com o sangue contaminado pode aumentar as suas chances de contrair a doença.

Sugiro que transem durante o banho ou em qualquer outro lugar que não tenha problema de ficar com alguns vestígios de sangue. Muitas mulheres ficam preocupadas em sujar o colchão e os lençóis, isso pode deixá-las tensa e acabar interferindo na hora do H.

Tay

domingo, 29 de novembro de 2009

Doce Deleite


Ilícitudes - Tiago Costa

Vícios de um corpo inconformado
Frenético,
Sede de carne,
calor humano.
Vai,
meu corpo bate no teu.
Vem,
teus seios invioláveis,
por mim se rebentam.

Lucidez de sentidos,
Visão,
de teus traços
teu corpo.
Olfato,
ar de eros
perfumado em orgasmos.
Paladar,
em doce mel de branca cor,
derramado, somando em mais um sabor
Tato,
minha mão em suave toque,
meus dedos adentrando.
Audição,
teus gritos,
gemidos de uma transcendência
Loucura medida em gestos.
insaciável vontade,
de amar,
de sentir,
torpor.
incondionalmente ilícito.
fEroscidade,
linguas em chamas
e o ultimo adeus
ejaculo!

sábado, 28 de novembro de 2009

Sexo Virtual

Foi-se o tempo em que transar era sinônimo apenas de contato físico, penetração, beijos e carícias. Hoje em dia, o sexo se revolucionou e um simples acesso à internet e uma cam também podem oferecer os prazeres e sensações que rolariam na realidade entre quatro paredes.

Diversos sites oferecem salas de bate-papo para que as pessoas possam se relacionar virtualmente. Às vezes, a conversa sem nenhuma pretensão vai esquentando e, quando percebem, a relação virtual já começou. Errado ou não, o sexo virtual tem os seus pontos favoráveis e desfavoráveis. Confira alguns deles abaixo:

Favoráveis:
  • A timidez desaparece: o sexo virtual favorece os mais tímidos, retraídos e que não têm oportunidade de aproximações pessoais, já que é possível criar um personagem e brincar de faz de conta;
  • Pode ajudar em um desbloqueio: a internet pode ser um facilitador para os mais tímidos. Após se exporem na rede com frequência, os contatos pessoais podem ser mais fáceis e tranquilos;
  • Não há distância: alguns casais utilizam a internet para apimentar a relação, ou seja, às vezes o (a) parceiro (a) viaja a trabalho e a forma encontrada para estar mais perto é justamente essa, uma alternativa que pode despertar fantasias e dar um up na relação;
  • Praticar o auto-conhecimento: o sexo virtual permite que você se conheça melhor e ajuda a descobrir o que mais gosta, fantasias que podem estar escondidas, em quais pontos prefere ser tocado (a) e quais são os seus limites.
Desfavoráveis:
  • Pode atrapalhar: da mesma forma que o sexo virtual pode ajudar os mais tímidos, também pode reforçar as dificuldades na construção das relações sociais;
  • Ficar na dúvida: na maior parte das vezes, você não sabe com quem está teclando e vice-versa, isso faz com que as pessoas fiquem desconfiadas e com medo de marcar um encontro presencial, por exemplo;
  • Tornar o indivíduo idealista e exigente: o sexo virtual pode ser maléfico a partir do momento em que a pessoa começa a se relacionar apenas virtualmente e deixa de lado as relações sociais, pois a navegação na rede proporciona, para muitos, ilusão e fascínio, uma vez que atua no mundo imaginário;
  • Não há contato físico: não há possibilidades de ter a sensação do contato da pele e do olho no olho que são importantes na hora do sexo.
O sexo virtual pode ser utilizado para apimentar a relação ou até mesmo para o auto-conhecimento, mas nada substitui as relações presenciais, com olho no olho, expressões faciais e o contato com o parceiro.

Tay

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Entrelinhas


"Não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha à mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar..." (Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Histórias de Quinta



"Aquela noite..."

Bruno é um rapaz tímido, magro, baixo, com 21 anos, todos ainda acham que é um adolescente. A pouco tempo entrou para a aula de natação, um pequeno problema no joelho o obrigou a praticar algum exercício, e a idéia de nadar era a que mais agradava. As aulas aconteciam a noite, no ultimo horário, e sem muita emoção, até que um dia chegou um aluno novo, Diego era seu nome. Um homem de 35 anos, moreno, alto, forte, e com um corpo que era um tesão. Logo no primeiro dia de aula Diego veio provocante, com uma sunga branca e justa que mostrava todos os detalhes daquele pau grande e grosso. Bruno perdeu até a concentração no que o professor falava, e viu que Diego percebeu seu interesse. Quando a aula terminou os alunos foram para o vestiário e por “coincidência” Bruno e Diego ficaram frente a frente. Diego era muito exibido, foi logo tirando a sunga, no começo ficou de costas, mostrando apenas o corpo másculo, aquela bunda deliciosa. Bruno queria disfarçara excitação e também virou de costas, olhando disfarçadamente de vez em quando. Logo Diego começou a puxar papo: “E ai cara, nada aqui faz muito tempo?”, Bruno não sabia nem como começar a conversa de tão nervoso, e só respondeu “sim”, virando para Diego e podendo ver o tamanho daquele pau maravilhoso. Diego insistia na conversa e se exibia ainda mais, deslizando o sabonete de maneira sexy. Bruno foi relaxando e a conversa começou a fluir. Depois de um papo meio formal, Diego pergunta por que Bruno não tira a sunga para tomar banho mais a vontade. Nesse momento Bruno ficou sem graça, Diego percebe que estão a sós e se aproxima dele. Eles se olham nos olhos, respirações ofegantes, os corpos se tocando sobre a água quente e a excitação a flor da pele. Diego puxa Bruno contra seu peito e pega no pau dele dizendo ao pé do ouvido: “Pelo que percebi estais tão a fim quanto eu, não precisa ter medo...”. Nesse momento vai abaixando e tirando a sunga de Bruno, para em seguida começar a chupá-lo com vontade. Lambia, sugava, chupava, descia até o saco, subia e voltava a engolir aquele pau gostoso, acariciando o saco e as coxas. De repente Diego sobe, coloca Bruno apoiado de frente na parede, e começa a beijá-lo, nuca, pescoço, costas. A água percorrendo os corpos aumentava o tesão. Bruno já estava louco e pedia para ser fodido, empinou a bunda e Diego começou a pincelar a cabeça daquele pau grosso no cuzinho dele. Segurou Bruno pela cintura e começou a socar devagar. “Que cu apertadinho você tem, vou ter que forçar um pouco”. Parece que aquele pau nunca ia entrar de tão grande e grosso que era. Bruno sentia cada centímetro daquele pau entrando, gemendo em uma mistura de prazer e dor. Diego forçava cada vez mais e Bruno para tentá-lo começou a gemer mais alto, pedindo para ser fodido, para meter logo tudo. Diego ficou tão louco que meteu com força e começou um entra sai e gostoso, Bruno rebolava e Diego metia bem no fundo, tirava e tornava a colocar, eles gemiam feito dois animais no cio. Diego sentindo que ia gozar mandou Bruno ficar de joelhos. Bruno entendeu muito bem o que ele queria, pegou aquele pau com vontade e começou a acariciar, chupar, e logo a boca dele foi invadida por um jato quente e generoso de porra. Bruno engoliu o que pode, até a última gota. Diego gemeu aliviado, encostou na parede, puxou Bruno contra o peito e o beijou, sentindo o gosto do próprio gozo. Em seguida, Diego voltou para o seu chuveiro, terminaram o banho e quando estavam de saída finalmente apresentaram-se, junto com a promessa de novos encontros...

Tay

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Devore-me


Posição Prensa

Descrição: A mulher fica deitada de costas e o homem quase ajoelhado, permitindo que o bumbum dela se apoie em suas coxas e seus pés encostem em seu peito.

Vantagens: Esta posição permite um grande nível de penetração. Para o casal que sente prazer em cenas de dominação e submissão a posição também é indicada.

Desvantagens: A posição requer cuidados com relação à força e profundidade dos movimentos masculinos, uma vez que a vagina estará mais estreita em virtude da própria posição.

Tay

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Plenos Prazeres

video

3 - BRITNEY SPEARS

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

No Divã


Olá confidentes!!!

Hoje eu estou no divã...

Bom, eu sei que faz tempo que não aparecia por aqui, e vocês também fazem questão de não deixar eu esquecer disso, afinal, os emails, os scraps e até mesmo nas conversas "ao vivo" não param de cobrar os posts novos. Isso é bom, por que demonstra o interesse de vocês pelo nosso blog...

Eu estava sumida devido o término da minha pós graduação, inscrição em encontros de Turismo e Artes (sim, sou estudante de Artes), entrevistas para estágios e/ou empregos, viagens, novas paixões, amizades, amores,...

Vamos as novidades:
  • Já terminei a pós, defendi a monografia e sou a mais nova Especialista em Educação Superior, e agora que venha o Mestrado \O/;
  • Os contos do nosso blog foram selecionados para a Mostra de Literatura do Encontro Nacional de Estudantes de Arte - ENEARTE;
  • Fui selecionada para ser bolsista da Universidade;
  • Viajei para a Bahia. Os Contos fizeram sucesso por lá. Eita povo para gostar de uma sacanagem...
  • Tive um artigo aprovado no Seminário Internacional de Turismo junto com meu amigo Saulo;
  • Viajei para o Paraná e Santa Catarina...
  • Tive o prazer de conhecer a vida e obra de Caio Fernando Abreu. Eu amo esse cara!!!
  • Apresentei um trabalho no 3º Seminário de Extensão e 1º Seminário de Pesquisa do ICA;
  • Tive um artigo aprovado na 12ª Jornada de Extensão da UFPa;
  • Conheci pessoas maravilhosas e fortaleci amizades adormecidas, e a cada dia tenho certeza que meus amigos são essenciais em minha vida;
  • Aprendi durante minha ausência que mudar conceitos e comportamentos as vezes é em vão, o quanto os sentimentos são desprezados, que as pessoas tem sentimentos manipuláveis de acordo com o meio em que vivem, que tem medo de arriscar, que utilizam certas pessoas como uma tábua de salvação para superar e esquecer momentos dolorosos, que são acomodadas a vida "perfeita" que levam, e o principal, que não valorizam o mais pleno sentimento: o AMOR!!!
Tay