sexta-feira, 8 de maio de 2009

Histórias de Quinta


"Naquele fim de semana..."

Josy
sempre teve vontade de ir para um acampamento. Ficar no meio do nada em barracas e coisas do tipo, a fazia ter ideias bem quentes. Certo dia, Mara, amiga de Josy, a convidou para acampar em um sitio, iriam também o namorado de Mara, o Ivo, e um amigo deles, Gean. Na hora Josy aceitou o convite, se preparou, pegou as roupas mais curtas e provocantes que tinha e colocou na mochila. Na sexta a noite os três passaram na casa dela para apanhá-la. Quando chegaram ao sitio armaram as barracas e começaram a beber. Josy estava acompanhando cada passo de Ivo, ela já conhecia o namorado da amiga, mas esse dia ele estava muito mais interessante. A noite foi passando a bebedeira continuava, todos já estavam loucos, e Josy propôs uma brincadeira: todos tinham que fazer strip para o restante e quem ganhasse escolheria com quem passaria o restante da noite. O primeiro foi o Ivo, o corpo dele deixava Josy louca, ele foi tirando a roupa lentamente, camisa, bermuda e por ultimo a cueca, tudo feito de maneira bem sexy, deixando Josy toda molhadinha. Depois foi a vez de Gean, ele dançava e tirava a roupa provocando, e quando tirou a cueca Josy viu o pau grande e grosso dele. O pensamento dela era ganhar a brincadeira para escolher os dois para passar a noite. Mara foi a terceira, fez um strip sem graça, tirou a roupa rápido, sem nenhum tipo de sensualidade. Finalmente chegou a vez de Josy, estava de short jeans e uma blusinha com a barriga de fora, ela subiu no carro e começou a dançar, se insinuando e tirando a roupa bem devagar, primeiro tirou a blusa, em seguida o sutiã, e começou a acariciar os seios, passando os dedos nos biquinhos bem durinhos, enquanto olhava com uma cara bem safada para os dois caras, que estavam enfeitiçados. Josy tirou o short, ficando só de calcinha, naquele momento Josy sentiu que os dois homens a desejavam, então pegou uma garrafa de cerveja e começou a derramar em seu corpo todo, inclusive dentro da calcinha, estava muito excitada com aquela situação, chamou Ivo e Gean para beber a cerveja em seu corpo, sem deixá-los se aproveitarem demais, afinal, a noite seria longa. Quando Josy tirou a calcinha e começou a rebolar, percebeu como aqueles homens estavam excitados e queriam devorá-la. Quando terminou a performance, os três gritavam: “Já ganhou! Já ganhou”. Como Josy ganhou a brincadeira com louvor, nem pensou em qual homem escolheria, levou os dois para dá uma voltinha. Como estava muito escuro eles foram na frente, de repente eles pararam e puxaram Josy pra traz de uma árvore, e começaram a lamber, chupar, morder, enquanto um chupava os seios o outro mordia seu grelinho, ela já estava quase gozando quando mandaram que ela ficasse de quatro, enquanto Ivo metia na boceta dela, Gean meteu o pau em sua boca. Josy chupava aquele pau com tanta vontade que ele gozou na cara dela. Logo em seguida Ivo também gozou e foi o momento de invertes os papeis. Gean foi para trás de Josy, empinou bem aquele rabo que pedia para ser fodido e meteu no cu dela de uma só vez. Josy gritava e gemia de dor e prazer, enquanto Ivo chupava a boceta dela. Josy estava completamente entregue a um gozo maravilhoso. Para terminar a noite, os dois caras a colocaram de joelhos no chão e fizeram com que Josy masturbasse e chupasse eles ao mesmo tempo. Ela como sempre obediente fez tudo diretinho. Lambia, chupava de cima a baixo, da cabeça até o saco, quando os dois gozaram na boca, na cara e nos seios dela. Quando terminaram foram reencontrar Mara, que tinha ficado sozinha na barraca, mas, quando chegaram, a surpresa: ela não estava...

Continua...

Tay

P.S. A História de hoje é dedicada especialmente ao Rafa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário