terça-feira, 17 de março de 2009

Plenos Prazeres



A terça é o dia dedicado a postagens com dicas sobre filmes, livros, vídeos, clipes, sites, abordando assuntos sempre de caráter sensual, sexual, carnal...

Para inicio de conversa, escolhi o melhor livro que li nos últimos tempos: "A Casa dos Budas Ditosos".

Descobri essa maravilha literária sem querer, estava em um site procurando um livro e o encontrei na seção dos mais populares. Não sabia sobre o que era e mesmo assim resolvi baixá-lo. Logo nas primeiras páginas vi que seria um dos meus livros preferidos.

João Ubaldo Ribeiro foi convidado a escrever um romance sobre a luxúria , para a coleção Plenos Pecados, da Editora Objetiva. Existe todo um mistério ao ler "A Casa dos Budas Ditosos", pois, o autor alega não ser ficção, mas sim uma historia verídica. Segundo ele, um misterioso pacote foi deixado em sua portaria, eram os originais do livro, onde nos é apresentado uma personagem fascinante e excepcional em todos os sentidos: CLB, uma mulher de 68 anos, nascida na Bahia e residente no Rio de Janeiro, que jamais se furtou a viver - com todo o prazer e sem respingos de culpa - as infinitas possibilidades do sexo.

É uma narrativa pouco comum, às vezes chocante, às vezes irônica e sempre provocadora, envolvendo um dos pecados mais indomáveis e capitais: a luxúria. Seriam as memórias desta senhora devassa e libertina um relato verídico? Ou seria apenas uma brincadeira do autor? Nunca saberemos. O importante é que ninguém conseguirá ficar indiferente à franqueza rara deste relato e a seu humor corrosivo. Com a maestria que o consagrou como um dos mais importantes escritores brasileiros contemporâneos, João Ubaldo Ribeiro nos brinda com esse depoimento sócio-histórico-lítero-pornô. Um romance sem pudores e provocador. Às vezes chocante, às vezes irônico, sempre instigante. Com a deliciosa sugestão de que, realmente, não existe pecado do lado de baixo do Equador.

Sinceramente, eu adoro esse livro, quem tiver a oportunidade de ler, não perca tempo. Realmente, é uma obra envolvente, fascinante, com passagens impressionantes, para mim um dos momentos mais excitantes é quando a personagem fala sobre a relação com o irmão, que vai além do sentimento fraterno e passa a ser sexual...

Bom, mais uma vez eu aconselho, leiam a "A Casa dos Budas Ditosos", deleitem-se, identifiquem-se, aprendam, divirtam-se, com as Histórias irresistíveis dessa mulher tão misteriosa e fascinante...

Tay

Nenhum comentário:

Postar um comentário